quarta-feira, 12 de julho de 2017

O Pardal Pipo

Durante as férias em Vilamoura, os +3 encontraram um pequeno pardal ferido, sem um olho, bastante maltratado e que não conseguia voar.

Trataram logo de o acolher, preparando uma casinha improvisada com o que tínhamos. Limparam-no, deram-lhe água e comida e ficaram horas a fio a olhar para o Pipo, assim chamaram ao pardal, a ver se melhorava.

À noite taparam-no com um paninho e rezaram para que melhorasse...

Na manhã seguinte o Pipo não estava lá, o que nos levou a crer que melhorara e que os seus pais o tinham vindo buscar.

Foi um misto de alegria e tristeza pois, apesar de não terem o seu amigo, sabiam que estava bem e a voar!

Parece uma história com um final feliz, não é? E, para os +3, a história termina mesmo assim.

Contudo, antes de regressarmos, a arrumar umas cadeiras no jardim, encontrei o Pipo morto... Penso que tentou voar durante a noite para os seus amigos não o verem sofrer... Enfim, como vínhamos embora nesse mesmo dia preferimos não contar aos +3 e manter a história da manhã, de um Pipo recuperado a voar com a família.

 



Instagram www.instagram.com/inesmais3
Facebook www.facebook.com/inesmais3
Pinterest 
https://pt.pinterest.com/Inesmais3

Sem comentários:

Enviar um comentário